Para melhorar suas gengivas

Gustavo Luiz Cé
Cirurgião-Dentista
CRO-8228

 

Com o passar dos anos, as cáries deixam de ser o maior problema, relacionado com a saúde bucal. Os dentes vão se calcificando e a probabilidade de novas cáries vai diminuindo, desde que perfeitamente higienizados. A partir desta fase, o mal maior começa a ser localizado em suas gengivas, que encobrem o periodonto, tecidos que dão sustentação aos dentes e a parte óssea, onde estes estão fixados. A origem das doenças nas gengivas, na maioria das vezes, está ligada à má ou inadequada higiene, e predisposição genéticas ou de raça, além de fatores de idade, que isolados ou em conjunto podem dar origem à placa bacteriana que, se não removida será o formador do tártaro, que somente o dentista, com instrumentos especiais, consegue retirar. Esta placa bacteriana e o  tártaro (cálculo) são os causadores da periodontite (doença das gengivas inflamadas), que são responsáveis pelo afrouxamento e perda dos dentes. Esta doença é percebida por sangramento na escovação, escurecimento das gengivas, inflamação, dor ou sensibilidade ao escovar. Qualquer um destes indicadores deve levá-lo imediatamente a procurar um Dentista, sendo que uma consulta preventiva anual, depois dos trinta anos é o mais indicado para prevenir a doença.
Seu tratamento é constituído por remoção desta placa bacteriana que, pelo próprio nome, percebemos conter bactérias que são nocivas ao organismo. No estado inicial, pela remoção do tártaro através de raspagem, no estado intermediário, e por cirurgia das gengivas, com sua abertura, quando a placa e o tártaro já estão a uma profundidade maior, por conta da perda de osso, consequente a estas inflamações crônicas. Em qualquer das fases, o dentista lhe fará um programa de higiene bucal adequado ao seu estágio da doença e ao tipo de dificuldade de higienização que a originou. Depois de feito o tratamento, a manutenção deste será fundamental para controle da doença e dependerá muito da motivação que você deve ter para conservar seus dentes e não querer  gastar muito com eles no futuro. 
Cuidar das suas gengivas é garantir seus dentes para o resto da vida. Se bem feita, esta higiene bucal, desde a infância, a doença das gengivas dificilmente aparece. Constatada a doença periodontal, seu tratamento é fundamental para preservar seus dentes e não ter que fazer próteses e implantes para repor os dentes perdidos. Pessoas relapsas, com problema de doenças nas gengivas, que não as tratam, têm ou terão seus dentes abalados ou frouxos e que, muito precocemente começarão a cair.
Ao perceber qualquer sintoma diferente em sua gengiva, ou melhor, a partir dos trinta anos, faça consultas regulares de controle de placa bacteriana.      Se não tratada convenientemente vai levá-lo certamente, a perda dos dentes, a problemas de mastigação, de estética, fonética e autoestima.

Compartilhe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google BookmarksCompartilhar no TwitterCompartilhar no LinkedIn
Você está aqui: Principal Notícias Vida Saudável Para melhorar suas gengivas